Sobre o autor: liderança e reflexão sobre biocombustíveis avançados

por Erasmo Carlos Battistella

Erasmo Carlos Battistella é um dos empresários mais influentes do agronegócio brasileiro, referência na área da bioenergia e líder na produção de biodiesel no país, reconhecimento feito por várias organizações. Destaque de uma nova geração de líderes empresariais brasileiros, ele carrega a ética e o comprometimento com a desenvolvimento sustentável como valores fundamentais.

O espírito empreendedor, a paixão pela inovação e o compromisso com o desenvolvimento de uma economia sustentável e limpa são as marcas de seu projeto empresarial que o levou a conduzir seus investimentos para um setor que nasceu há poucos anos no Brasil.

Assim, fundou a BSBIOS em 15 de abril de 2005 com finalidade de produzir biodiesel, instalando uma moderna planta localizada estrategicamente em Passo Fundo (RS), perto da produção de gorduras animais, soja e canola, suas principais fontes de matéria-prima.

Com uma outra planta em Marialva (PR), a BSBIOS se tornou a maior produtora de biodiesel do Brasil, segundo dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Foi a primeira empresa a exportar biodiesel do país e mantém relações comerciais com 32 países.

Outro momento importante em sua história foi a joint venture firmada com a Petrobras Biocombustível (PBio) em novembro de 2009, inicialmente com a Unidade de Marialva (PR) e ampliada em 2011 para a Unidade Matriz, envolvendo 50% das ações da BSBIOS, sociedade que perdura até hoje.

Battistella é também o presidente do Conselho de Administração da Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (APROBIO), o que lhe permite liderar a defesa dos interesses do setor para desenvolvimento de uma política nacional de biocombustíveis.
A mais nova empreitada do empresário envolve o que há de mais avançado em biotecnologia.

Ele está à frente do lançamento do Omega Green, mega complexo para produção de diesel renovável HVO (sigla em inglês para Hydrotreated Vegetable Oil) no Paraguai, com investimento estimado em mais de US$ 800 milhões. Será a primeira planta de combustíveis renováveis de segunda geração do Hemisfério Sul.

A maior parte dessa produção será voltada à exportação para países signatários do Acordo de Paris, que precisam acelerar a redução das emissões de gases de efeito estufa por meio da substituição dos derivados de petróleo.

Se a história de vida de Erasmo Carlos Battistella se entrelaça com a essência do desenvolvimento de combustível verde, nada melhor do que compartilhar essa experiência por meio deste novo canal de comunicação, promovendo os benefícios dos ganhos ambientais e de saúde, assim como estimulando a produção nacional de biocombustível, que gera mais empregos, mais investimento, mais agricultores e familiares beneficiados, mais pesquisa e valor agregado para a economia nacional, além de reduzir a necessidade de importação de diesel fóssil.

4 comentário

Luiz Francisco Schmidt 21 de maio de 2020 - 22:28

Conheci o Erasmo Batistella num momento difícil de uma empresa de minha cidade. Pessoa extremamente afável e que analisa antecipadamente e com profundidade cada passo de sua empresa, gerando em quem com ele negocia a confiança no êxito da jornada. Participei de reunião entre o Presidente Abdo, do Paraguay, ministros do vizinho país e pude perceber que por sua seriedade, conhecimento e humildade é reverenciado por todos que o conhecem. Seu sucesso é fruto de muito trabalho mas faz questão de ressaltar que o mérito é da equipe toda. O Brasil agradece a esta plêiade de jovens líderes.

Reply
Erasmo Carlos Battistella 22 de maio de 2020 - 14:13

Obrigado Luiz pela mensagem. Vamos refletir juntos sobre estes e outros desafios futuros.
Grande abraço,
Erasmo

Reply
Paulo Michelucci 24 de junho de 2020 - 18:03

Nestes muitos anos de minha vida – lá se vão setenta – conheci, convivi e trabalhei com homens e mulheres “especiais”! Indivíduos que nasceram para fazer a diferença, perseverantes e movidos por desafios:
O Erasmo Carlos Batistella é um daqueles que denomino de “especiais”!
Parabéns Erasmo e muito sucesso nesta nova empreitada!

Reply
Adelchi Colnaghi 3 de julho de 2020 - 14:38

Ao atuar na concepção arquitetônica da planta original da BSBIOS, tive o privilégio de conhecer o Erasmo Batistella dentre outros colaboradores daquela iniciativa pioneira. Ao trabalhar com ele e seu grupo, na época, tive a oportunidade de compartilhar de uma etapa embrionária daquele projeto que hoje referencia a bioenergia no país. Sinceros aplausos a sua brilhante e competente trajetória!

Reply

Deixe uma resposta para Luiz Francisco Schmidt Cancelar